Uma França diferente?

Quando você acha que já viu tudo sobre a França, aparece um francês fazendo você rever seus conceitos...

Um jovem parisiense, proprietário de um renomado wine bar e de uma importante escola para amantes do vinho. Autor de best-sellers. Blogueiro. Apresentador de TV. Seu nome é Olivier Magny.

Em recente entrevista concedida ao Food&Wine, Olivier fez afirmações surpreendentes, que se forem verdade são capazes de destruir tudo aquilo que pensamos sobre a relação entre os franceses e o vinho:

 O nível de interesse do francês pelo vinho estava caminhando para o colapso, mas há um ressurgimento da cultura do vinho entre jovens de aproximadamente 30 anos, sob forte influência do estilo de vida dos seriados americanos que se passam em cidades como Nova York.

 Na opinião dele, atualmente os americanos entendem mais de vinho que os franceses, porque eles estudam mais o assunto. Ironicamente, ele ainda afirma que “ao contrário do que as pessoas pensam, o DNA francês não vem com os genes do conhecimento do vinho”. Ou seja, muitos franceses entendem, sim, de vinho. Mas não todos. Ser francês não é uma garantia de conhecimento sobre vinhos.

 Quem toma vinho nos famosos cafés parisienses, por exemplo, na opinião de Olivier, não são os franceses, mas sim, os turistas. Os franceses de Paris sentam-se nos cafés para tomar refrigerante dietético ou cerveja.

 O tal “vinho da casa” é um mito que simplesmente não existe, na França. Sempre que um turista pede um “vinho da casa”, acreditando degustar o melhor vinho da sua vida, ele é servido com uma garrafa qualquer; não, necessariamente, com um vinho de má qualidade, mas provavelmente com o vinho mais barato que o local tiver à sua disposição.

 Por fim, ele acredita que as pessoas perdem mais tempo do que deveriam se preocupando com harmonização, quando tudo o que precisavam fazer era prestar atenção à força do vinho. Para culinárias delicadas, por exemplo, deveriam escolher vinhos também delicados. E pronto.

Se ele tem ou não razão em todos esses pontos, é uma outra questão. Se a França, considerada o berço do vinho, é assim tão diferente de como a idealizamos, sabe-se lá... Mas de algumas coisas, temos certeza: a polêmica faz parte do universo do vinho. E a França produz vinhos excepcionais.

Pense sobre isso. Enquanto degusta um vinho. Francês, ou não.

E se quise conhecer um pouco mais sobre a França e seus vinhos, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.